Tuesday, November 12, 2013

O caso da "pepeca de ouro"

Quebro o silêncio que vem assombrando este blog, pois achei digo de compartilhamento as palavras mais a frente transcritas, que ouvi de uma das vidas que arruinei na última semana.

Em um dia ordinário, sob os flamejantes raios solares, fui citar um sujeito numa ação de divórcio; além de lhe dar ciência quanto a ação impetrada por sua ex-esposa, a ordem judicial também determinava sua intimação para que, a partir daquele instante, depositasse mensalmente, até o fim dos tempos, uma polposa pensão.

Meio relutante e incrédulo, o cara faz o seguinte comentário antes de, a muito contragosto, lançar sua nota de ciente na minha via do mandado: "pô, essa mulher quer carro, apartamento e agora pensão; ela deve tá achando que tem uma pepeca de ouro".

Anui silenciosamente com um aceno de cabeça. Franzi o cenho e vazei dali, em busca da próxima vítima do judiciário.

No comments:

Post a Comment